quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Fundos - Guia de Fundos


Simples como morar em um prédio

Um fundo de investimento é um condomínio que reúne recursos de um conjunto de investidores (cotistas), com o objetivo de obter ganhos financeiros a partir da aquisição de uma carteira de títulos ou valores mobiliários.

É a comunhão de recursos sob a forma de condomínio onde os cotistas têm os mesmos interesses e objetivos ao investir no mercado financeiro e de capitais.

Funciona exatamente como um condomínio de apartamentos, onde cada condômino é dono de uma cota (um apartamento) e pagam a um terceiro para administrar e coordenar as tarefas do prédio (jardineiro, pessoal da limpeza, porteiro, manutenção de elevadores, etc.). Neles são estabelecidas as regras de funcionamento (horário de funcionamento da piscina, do salão de festas, de música alta nas dependências dos apartamentos, entre outras). Estas regras são seguidas por todos os moradores, sem exceção.

Um fundo de investimento funciona da mesma forma. Os cotistas (os moradores) compram uma quantidade de cotas ao aplicar, e pagam uma taxa de administração a um terceiro (o Administrador) para coordenar as tarefas do fundo e gerenciar seus recursos no mercado. Ao comprar cotas de um determinado fundo, o cotista está aceitando suas regras de funcionamento (aplicação, resgate, horários, custos, etc.), e passa a ter os mesmos direito dos demais cotistas, independente da quantidade de cotas que cada um possui.



Uma gestão profissional facilita sua vida

Agora imagine que você não mora num prédio, portanto está fora do condomínio, e precisa escolher quem vai fazer a manutenção da piscina e da quadra esportiva ou quem vai contratar os seguranças? Provavelmente, terá mais trabalho em encontrar esses prestadores de serviços e gastará mais. Se estivesse num condomínio, essa seria uma tarefa para o síndico, com a vantagem de poder ratear com os outros condôminos esses custos.

Situação semelhante poderia acontecer com você, caso estivesse sozinho no mercado financeiro. Caberia a você escolher os ativos para compor uma carteira de investimento. Isso significa analisar com freqüência riscos, nível de endividamento e expectativa de resultados de cada empresa da qual você comprou ação ou de cada banco do qual você adquiriu um CDB. Quem agüenta enfrentar tamanha trabalheira?

Só especialistas. Por isso eles trabalham para os fundos. E os fundos trabalham para você. Os fundos permitem que gestores profissionais administrem seus recursos de forma profissional e transparente.

Se o gestor faz tudo, qual o papel do investidor? A você cabe escolher fundos de acordo com seus objetivos e expectativas, e decidir pela aplicação mais adequada, considerando quando e o que pretende fazer com seus rendimentos.




0 comentários:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | cna certification