sexta-feira, 9 de abril de 2010

Dívida com cartão de crédito, o que eu faço?

(Comentário recebido via Organizze)
Uma leitora do blog fez um questionamento e, acredito que esta mesma situação pode ser a de outros leitores, assíduos ou não.
Conheci o site por intermédio da minha irmã, que é bem mais organizada que eu. Estou com um problema e gostaria de uma dica.

Sempre usei meu cartão de crédito de forma organizada, sempre pagava todo valor, no entanto, em Dezembro tive que mudar e as despesas aumentaram muito, enfim, perdi o controle.

Hoje estou com uma dívida que não consigo pagar, estou pensando em não pagar a dívida e deixar até que a empresa responsável pela cobrança do cartão me procure, para assim fazermos um acordo. Leitora S. P.

Primeiro, parabéns a você por buscar auxílio. E depois a sua irmã, por indicar uma boa leitura.

De cara eu já afirmo, fuja da dívida. O juro cobrado pelas administradoras de cartão de crédito é exorbitante, algo em torno de 12% ao mês. (sim, AO MÊS)

Neste caso, antes mesmo de falar como se livrar da dívida eu quero enfatizar a nova conduta que se deve ter para evitar um endividamento igual no futuro.

Corte todos os gastos possíveis, cancele as contas de consumo tais como: Telefone celular pós pago (opte por um pré até restabelecer o poder de compra), internet banda larga, tv a cabo, etc. Evite gastos excessivos como comer em restaurantes, ir a cinemas, teatros, shows. Veja, não disse para deixar de ir, mas sim para evitar o excesso.

Recomendo que sejam anotados diariamente todos os gastos, inclusive aqueles pequeninos como com pães na padaria, com um chiclete no almoço, com a caixinha do manobrista. Tudo, anote tudo e assim você poderá ao final de um mês ter um raio-x dos seus gastos. Dessa forma é mais fácil saber o que se deve cortar. Repita o exercício por alguns meses, até ter o controle absoluto sobre as finanças.

Em suma, se quiser ficar no azul e não entrar mais no vermelho, alguns cortes imediatos serão necessários.

Quando estamos endividados o que menos precisamos é de mais dívidas, mas, há exceções a toda regra.

Como os juros do cartão de crédito são abusivos, opte por um empréstimo pessoal. Em crédito pessoal, geralmente, os mais indicados são os administrados por cooperativas, sindicatos. Melhor se você puder fazer consignado, sai menos caro.

Evite o consumismo. Deixe aquele lindo notebook para o próximo ano, aquela bela e maravilhosa viagem terá que esperar.

É isso.

Recomendo algumas leituras, aqui mesmo no blog.
1 - De olho no mercado; (Alguns links de comparativos de empréstimos)
2 - Preciso de um empréstimo?
3 - Cartão de crédito. (Dicas para escolha do cartão e de como usá-lo)


Eu no Twitter (@IcaroQ)

8 comentários:

Anônimo disse...

eu tenho uma divida de cartao de credito do mercado rede plus da coopercred o limite dele e de 800,00 e juros esta em 2.400 tento negociar mas nao consigo e muito dinheiro para mim eunao tenho isso para pagar esta muito dificil me ajudem

Icaro Queiroz disse...

É amigo (a). Você terá que tomar uma decisão, e com isso uma atitude verdadeira.

Primeiramente, deixe de gastar, encoste o cartão, quebre-o, seja radical.

E em segundo, procure pagá-lo, mesmo que para isso precise fazer um empréstimo. Enfim, os juros cobrados pela cartão é muito alto e não se paga.

Abraço e sucesso, venha para o outro lado.

Icaro Queiroz

Anônimo disse...

adquiri uma divida de cartao q ñ e minha se eu ñ pagar quais as consequencias.desde já obrigado.

Icaro Queiroz disse...

Adquiriu de que forma essa dívida? informalmente ou formalmente? Agora está no seu nome?

Existe uma série de fatores que precisam ser considerados.

Se a dívida é de outra pessoa e você assumiu a dívida informalmente, ou seja, só de boca. Nada acontece contigo, exceto o mal estar e a falta de compromisso firmada com a outra parte.

Agora se você assumiu a dívida formalmente, caso tenha um boleto ou alguma nota no seu nome, a dívida é sua. E a partir daí caí em tudo o que eu disso no post.

É bom não dever a ninguém, tenha isso como regra.

[]'s,
Icaro Queiroz

mac disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
mac disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Bom dia,quero um conselho. Eu ganho 1.100 por mês, mas tirei férias e fiz aniversário e meus cartões de crédito (7)juntos totalizam uma dívida no valor de R$2.100,00 para o mês de setembro. Eu não tenho todo esse valor. O que devo fazer?

Anônimo disse...

tem uma pessoa que esta devendo no meu cartão e não paga o valor ja esta m 6 mil reais devido aos juros,quero saber onde devo prestar queixa sobre essa pessoa?? delegacia?algum orgão? pois ele tem condições de pagar e não paga.que devo fazer? como fazer?
obrigada!

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | cna certification